Destruir é tudo.

Como eu cheguei a conclusão a algum tempo, destruir é a única e real realização do homem.

É aquilo que nós podmeos realmente fazer em nossas vidas, toda a criação, toda a arrogância do homem em criar, arrogância sim, o que criamos ? Uma era ? Uma cultura ? Nada de real, nos refestelamos nas nossas criações, como são pequenas, grande parte não foram nada além de descobertas, o que sobra é na verdade advinda da observação, cópias imperfeitas e só.

No fim nada de concreto foi feito, e para cada criação nossa, destruimos ainda mais a verdadeira criação, consumimos tudo que podemos, e mais ainda, e então nos desesperamos com nossos erros, mas nada que possamos fazer trará resolução.

Destruir não é o melhor caminho, mas é o único caminho legítimo que possuímos, apenas ele, somente ele, mas não é chegado o momento, ainda não, e mesmo nossa destruição é apenas mais uma parte do plano da criação, somos só ferramentas.

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: